Dúvidas sobre Acne
Sabia que a acne não é exclusividade dos adolescentes?

Essa condição tão incômoda e até dolorosa pode surgir em homens e mulheres também na fase adulta. Para uma melhor compreensão e tratamento, é necessário entender os fatores que causam o surgimento dessas alterações em sua pele!

Sua causa pode estar relacionada a diversos fatores como a obstrução e inflamação da glândula sebácea, o excesso de produção de sebo e a infecção pela bactéria Cutibacterium acnes.

A acne se desenvolve quando os poros da nossa pele ficam obstruídos devido ao excesso de células mortas, maior produção de sebo e quando há aumento na atividade hormonal, como por exemplo, na mulher adulta, onde a acne pode piorar no período da menstruação, devido à flutuação hormonal.

Outros fatores que contribuem para o aparecimento, piora e até cronificação da acne, podem estar ligados a hereditariedade, estresse, uso de alguns cosméticos, maquiagens, entre outros.

A acne se manifesta de modo diferente em cada pessoa. Em alguns casos, de forma leve e superficial, em outros, de forma severa e profunda. Seu início, na maioria das vezes, ocorre na adolescência, fase em que se inicia a produção dos hormônios sexuais.

Nas mulheres, começa geralmente entre os 11 e 13 anos e nos homens, pode chegar um pouco mais tarde, por volta dos 13 a 14 anos.

As fases mais graves ocorrem geralmente por volta dos 17 a 18 anos nas mulheres e 19 a 21 anos nos homens.

Sua evolução geralmente é de forma lenta, com períodos de melhora e piora, o que pode estar relacionado a vários fatores, inclusive com o stress.

Os locais em que a acne ocorre com mais frequência são: rosto, pescoço, busto (peito), costas e ombros, locais em que a quantidade de glândulas sebáceas é maior.
Os Graus da Acne

Grau 1

  • Trata-se da acne comendônica, quando o quadro se limita à presença de cravos.

Grau 2

  • Aqui ela é chamada de pápulo-pustulosa, tendo um cenário um pouco mais avançado que o anterior. É identificado o surgimento de espinhas e inflamações, com lesões pontualmente amarelas pela contenção de pus, denominadas como pústulas.

Grau 3

  • É a acne nódulo-cística, com a adição de cistos junto às outras alterações cutâneas, tendo maior gravidade e dimensão das inflamações. A dor é muito maior, assim como a profundidade das lesões.

Grau 4

  • Esse é o grau da acne conglobata, que já conta com a possibilidade de inflamações mais graves, com aparência desfigurada. A quantidade de nódulos extensos é grande, marcando presença em regiões diversas do corpo.

Grau 5

  • O último, mais raro e problemático caso é o da acne fulminans. As lesões são extremamente graves, os cistos ainda mais dolorosos Também pode se identificar sintomas como febre, dores corporais e indisposição.

A Acneclin oferece a estrutura e os recursos necessários para abordar e tratar todos os graus de acne, com dermatologistas com títulos de especialistas pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.
 
 

Entre em contato

COMO PODEMOS AJUDAR?
 

Preencha o formulário

Entraremos em contato o mais breve possível.


Nome*:

Telefone*:

E-mail*:

Mensagem:

Nos encontrou pelo Google?

* campos obrigatórios